Sábado, 25 de Março de 2006

O Manifesto do Segundo Gume


 

Anuncia-se orgulhosamente que o Gume nasceu e não chorou, nem berrou mas tinha a língua de fora e já fazia um manguito.
O Gume é o blog onde tudo é possível.
O Gume é o Futuro.
O Gume é Eterno.
O Gume é Supremo.
O Gume é Inteligente.
O Gume é Sarcástico.
O Gume é Irónico.
O Gume é Soberbo.
O Gume não é Moral, nem Imoral, mas Amoral.
O Gume é a Flor do Mal que quer o Bem.
O Gume é um ultrage,
E é ultrajante,
Mas nunca será ultrajado.
O Gume não publicita: faz.
O Gume não promete: cumpre.
O Gume não se conforma mas conforma, reforma, informa, deforma, dá forma.
O Gume não dá festas nem palmadinhas nas costas:
O Gume dá sôcos que parecem pedras atiradas de perto e de longe.
O Gume punge.
O Gume estoca.
O Gume fere.
O Gume não se mascara:
O Gume dá a cara e dá na cara.
O Gume não se coíbe,
Não se inibe,
Não se esconde.
O Gume tem espinha.
O Gume é Vertical,
O Gume é Vigoroso,
O Gume é Viril.
As mulheres do Gume são grandes Amazonas.
O Gume é Justo.
O Gume é Culto.
O Gume é Raro.
O Gume é Sério.
O Gume é Sóbrio.
O Gume é Sensual.
O Gume é um disparate pegado.
O Gume é Belo mas sabe ser Horrível.
O Gume é irresponsável mas assume o que diz.
O Gume não é de uma causa, mas tem causas.
O Gume não é Supersticioso mas é Precavido:
Não cruza facas, arremessa-as.
Não passa sob escadas: sobe-as.
Não avança por detrás de gatos pretos, mas pela frente. E não lhes liga quando usam gravata.
Não parte espelhos: atravessa-os.
O Gume é Arrebatador.
O Gume é Poético.
O Gume não tem vergonha por saber que a vergonha é um preconceito.
O Gume não se submete à vontade alheia. Pelo contrário:
O Gume institucionaliza uma vontade.
O Gume não acredita na liberdade de opinião nem tampouco na liberdade em geral, mas defende-as.
O Gume agradece a quem diz bem do Gume.
O Gume aplaude quem diz mal do Gume.
O Gume aniquila quem não sabe o que diz.
O Gume não é extremista nem maniqueísta:
Quem não é do Gume não tem de ser contra o Gume.
Quem é contra o Gume não tem de morrer, basta estar calado.
O Gume não se contraria, complementa-se.
Se defende dois pólos opostos, fá-lo em favor do ponto de vista.
O Gume é tolerante, mas não é parvo:
O Gume não tolera a estupidez.
O Gume tem académicos mas despreza as academias.
Os membros do Gume são, por natureza, GENIAIS.
O Gume é Segundo mas não está atrás de ninguém, antes, senta-se com pompa e arrogância sobre as cabeças ôcas dessas avestruzes engripadas da nossa Sociedade!
O Gume é Segundo porque traz à tona o que a poeira do tempo e a mentira do Homem querem há tanto esconder.
O Gume é Segundo porque corta e ataca dos dois lados da pena. O inverso de um rosto belo é o rosto normal do Gume: o Gume é o retrato da Sociedade Portuguesa, trazendo à luz do sol a alma desse Dorian Gray de palmo e meio.
O Gume é o Mr Hyde desses Jeckyll de condescendências, servidões, cinismos, hipocrisias, vassalagens.
Não se aproximem do Gume, porque ele morde!
O Gume tem dentes afiados e má digestão. Não queiram experimentar a bilis do Gume!
O Gume é polimorfo, poliglota, politeista, polígamo, poligráfico, político, polémico, plural.
O Gume diz sempre a verdade, mesmo quando está a mentir.
O Gume é acutilante e imesericordioso: perfura sem dó as bestas quotidianas e com os seus restos faz um arroz de cabidela que devora impiedoso lambendo, sem maneiras, mãos e beiços.
O Gume nutre uma paixão grotesca pelo sangue das suas vítimas descarnadas: não queiram ser inimigos do Gume!
O Gume vai dominar o espaço português e depois disso quer conquistar o Mundo! Acautelem-se: O Gume tem um plano!
O Gume é, sem escrúpulos, megalómano e magnânimo.
O Gume é um assombro.
O Gume mete medo!
O Gume não é Comunista mas come criancinhas!
O Gume não é de esquerda, nem de direita, nem do centro:
O Gume é de todo o lado e despreza democrática e plenamente todos os partidos políticos.
O Gume insulta sem modos por entender que os modos desprestigiam o insulto.
O Gume não tem religião mas todas as religiões incluem o Gume e se esventram, incautas, com os seus contrasensos.
O Gume diz que os Judeus deviam governar Portugal para acabar com o buraco financeiro.
O Gume é Fiel.
O Gume é Desportista.
O Gume é parcial por saber que a imparcialidade é o Mito de Couro com que se encobre o hipócrita.
O Gume não quer ser árbitro, quer ser carrasco.
O Gume tem sempre fome.
O Gume quer sempre mais.
O Gume é o pasquim do absurdo!
O Gume é ideologicamente pornográfico.
O Gume é sublimamente erótico.
O Gume é perfidamente obsceno.
O Gume não se lava para não se sujar continuamente com a podridão Humana.
O Gume é Venenoso.
O Gume é Bélico.
O Gume é Feliz.
O Gume não é nacionalista, é Nacional.
O Gume é o Gume.
O Gume tem bis,
Mas nunca se cansa,
Nunca se repete,
Nunca se curva,
Nunca está desprevenido,
Nunca aceita ordens,
Não tem hierarquias,
Não tem depressões,
Não tem fraquezas
Não tem falhas no rosto.
O Gume não tem papas na língua,
Não tem hesitações,
Não tem dúvidas,
Não se engana,
Não recua:
O Gume é Essêncial.
O Gume é Revolucionário,
O Gume é Puro,
O Gume é Inovador,
O Gume é Original,
O Gume é Perfeito,
O Gume é Brutal.
O Gume luta com cravos, com espadas, com penas, com o que tiver à mão.
O Gume é um Poema.
O Gume é um Incêndio.
O Gume é Único.
O Gume quer a discussão construtiva ou o vaticínio aniquilador, mas não tolera o debate vazio.
O Gume tem ideias, dá ideias, pede ideias, quer ideias, idealiza e impõe que não há ideia sem acção.
O Gume vai arrasar metaforicamente o Palácio de São Bento e o Palácio de Belém e o Palácio da Preguiça Universal.
O Gume vai arrasar fisicamente as banalidades do tédio, as casmurrices dos tolos, as ignorâncias do ódio, os estapafúrdios da lógica, as tiranias da lei, as cobardias da força, a mesquinhez da discriminação.
O Gume tem a cura para a estupidez: açoitar até à morte os idiotas.
O Gume é Inacabado e Inacabável.
O Gume é Fraterno.
O Gume não exclui, elimina.
O Gume quer,
O Gume pode,
O Gume manda.
O Gume veio,
O Gume viu,
E já venceu.
Celebrações!
Olha o Gume!
O Gume saiu à rua!
Viva o Gume,
Viva o Gume,
Acendam velas!
Toquem sanfonas!
Façam fanfarras!
Apaguem a luz ao dia!
É o Prometido!
É o Desejado!
É o Messias!
Nasceu o Gume! Nasceu o Gume!
O Gume nasceu!
Que Farei Com Estes Gumes?:
Golpe por Miguel João Ferreira às 16:04
Hipertensões | Estocadas | Os Golpes Que Eu Amo
Porta-Estocadas:
De visconde a 5 de Abril de 2006 às 11:40
Pim!
De Miguel João Ferreira a 4 de Junho de 2009 às 22:35
Disse Almada...

Deixe a Sua Estocada

O Leão Sem Juba

Sopa de Facas, Chafurdar na Lama

 

Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

Gumoctopus

Últimos Golpes

É Oficial

O Gume Descansa

Fair-Pay (O L Perdeu-se N...

D' ETA Vez É A Sério!

E Depois Dos Votos, Obama...

Dióxido de Carbono Em Min...

Liberdade Individual A Vo...

BPN (The Bank Robbers)

White Out (Para o Fim do ...

Melancolia De Um Dia de I...

Das Lágrimas

The Book and The Cover

2010 - O Gume Está Lavado...

Adeus Ano Velho!

História de Família (De 1...

A Vantagem da Ingenuidade

Liliana (Um Livro Aberto)

Estranha Rábula

Do Medo (Livre/o Abordage...

Justiça Terrestre (À Falt...

Sras. E Srs., Parece Cert...

O Anticristo (Quase Liter...

Sonha E Serás Mestre!

Rouba em Paz E Que A Benç...

Lisboa Está de Luto (Temp...

Segundo Gume Apresenta......

O Que As Malvadas Nos Faz...

Mundo Binário

Senhoras e Senhores, Em E...

Borracha Sobre As Más Exp...

Um Manifesto Muito Sério ...

Denúncia De Uma Esteticis...

Mãe, Pisei Uma Pastilha E...

O Gume Reflecte - Fisio-P...

Algodão Doce (Memórias da...

Dia das Gomas (Recentemen...

Post Sentido (Come e Cala...

VENDE-SE: ÁGUAS FURTADAS ...

O SubConsciente Explicado...

Partilhou-se Na Net Esta ...

O Gume Lança O Mote Para ...

Twittership (Seja Lá Isso...

Andorra, Dezembro de 2009...

Um Mau Post Sobre um Mau ...

Sobre O Meu Melhor Romanc...

Prevenção Gripe A: Protej...

O Gume (Re)viu... Memento...

Brevíssimas Sobriedades (...

A Bíblia de Jerusalém Rec...

Pergunta do Dia Que Se Ag...

O Gume E O Tempo

Agosto 2012

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Novembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Que Farei Com Estes Gumes?

todas as tags

Gumenumeraçoes

Gumonautas
blogs SAPO

Roubar as Facas